Ao longo dos mais de 15 anos que trabalho com relógios tive incontáveis experiências, passaram por minhas mãos milhares de relógios, relógios de coleção, relógios exóticos, relógios raros, relógios únicos, relógios altamente sofisticados e relógios que valiam mais do que uma Ferrari. Fui a diversas feiras internacionais, conheci milhares de comerciantes e colecionadores do mundo todo, troquei muitas experiências e informações e sigo em constante aprendizado. E como já disse o escritor franco-argelino Albert Camus “não se pode criar experiência. é preciso passar por ela”.

Sei o quanto é difícil se aprofundar e adquirir experiência numa área tão pouco conhecida em nosso país, e infinitamente menor do que a maioria das áreas de conhecimento. O mundo da relojoaria é muito menos técnico do que parece, por tras das engrenagens que movem as horas existe muito mais subjetividade e sentimento do que se imagina. Quando um relógio chega em minhas mãos faço uma avaliação de autenticidade, conservação e mercado, mas você se surpreenderia com o quanto disso é feito pelo meu instinto, ou talvez seja só a experiência.

Este espaço destina-se a trazer um pouco do que aprendi, orientações, curiosidades e notícias do mundo da relojoaria propiciando conteúdo para quem tem interesse na área. Não tome por verdade absoluta o que ler aqui, pois, estou em constante aprendizado e as críticas, dúvidas e sugestões são bem-vindas.